Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despertador Atrasado

Fincastes teu destino
Em paredes de isopor
Beijastes frágeis sonhos
Inútil alívio da dor

Sofrimento prazeroso
Escondido em mentiras
Arremessado com desprezo
Nas balas que atiras

Mate-me com pressa
Comemore com festa
Sorrirei em vidas futuras
As dores presas nessa

Mas serei forte
Estancarei o corte
Ao respeitar meus olhos
Livrarei-me da morte

Sentarei-me junto a ti
Esconderei socos que senti
Fingindo-me de amigo
Culparei-te pelo choro que vivi

Aí sim, ensaiarei passos
Sangrando pés descalços
Rápido e sem olhos na nuca
Esquecerei o último abraço

Não mais sofrerei calado
Peito diagnosticado:
Amor escrito
Não é amor amado

Perdoe-me pelos versos imundos
Mas decidi sair do fundo
Atrasado percebo que sou eu
Quem mais amo nesse mundo...
Romassenav
Enviado por Romassenav em 21/03/2006
Código do texto: T126424
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romassenav
São Paulo - São Paulo - Brasil
26 textos (1747 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:50)
Romassenav