Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sede de tudo

Sede de tudo, sede se viver,
Sede de fazer, sede de olhar.
O mundo pára para ser,
e eu paro de amar.

O relógio conta o tempo,
eu somente conto contigo.
Viver? Ainda não sei se consigo
e as memórias voam com o vento.

Sinto-te, mundo, por fim!
Sinto-o e espero-o e quero-o.
Mas apenas a viagem importa,
e não sei se volto a mim.

Acorda, acorda-me!
Vive e sente, vibra na noite.
Grita. Salva-me!
Salta e respira, de que vale a pena a vida,
se a vida não descansa,
e se eu não estou aí contigo?

Tenho sede de tudo,
Mas não há água neste deserto.
E a única miragem és tu.
dreamcatcher
Enviado por dreamcatcher em 25/03/2006
Código do texto: T128414
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dreamcatcher
Portugal, 27 anos
6 textos (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:57)