Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Qualquer hora

Já é quase madrugada
E eu me vejo inconformada
Com as lágrimas que notei
Desmancharem de teus olhos
Sempre tristes que, sorrindo,
Guardam dores que não sei...

Não me consideres insolente
Se me intrometo, de repente,
Em tua vida e intimidade.
Percebo o quanto sofres
E bem no fundo, na verdade,
Incomoda-me o que sentes
Ao enfrentar a realidade.

Tive um rompante de clareza
E me veio a certeza
Enquanto dormes agora:
- Procura a tua felicidade
Mas, se te deixarem na saudade,
Espero-te a qualquer hora.
Daniela Pucu
Enviado por Daniela Pucu em 05/04/2006
Código do texto: T134213
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daniela Pucu
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
29 textos (1872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:14)
Daniela Pucu