Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Poeta

POETA ALÉM DE SER POESIA,
TRAZ EM SI PRÓPRIO A REBELDIA...
CANTA O AMOR COM MAGNIFICÊNCIA,
FAZ DO CÉU UMA INCONGRUÊNCIA...

COM FIOS DE ARCO-ÍRIS AS NUVENS BORDA,
SENTE FORTE NO PEITO O AMOR QUE TRANSBORDA...
QUANDO VÊ TANTA INJUSTIÇA CHORA,
E FAZ DA VIDA UMA TRILHA SONORA...

SOLTA DAS PALAVRAS TODAS AS PEIAS,
O CORAÇÃO ANTES PRESO DESARREIA...
A MENTE VOA A MIL POR HORA,
SEJA NO ONTEM OU NO AGORA...

TENTA FAZER INTROSPECÇÃO,
DO QUE LHE MOVE A RAZÃO...
A ESCREVER SEM PARAR,
NUM EXCESSO DE DEVANEAR...

É FLOR QUE VOA NA DOR,
É FLOR QUE VOA NA SOLIDÃO...
É FLOR QUE BEIJA O AMOR,
É FLOR QUE AGARRA A EMOÇÃO...

POETA É SER INCONSTANTE,
NUNCA ACHAR BOM O BASTANTE,
TUDO O QUE COLOCA NO PAPEL!
POETA CAMINHA ENTRA A TERRA E O CÉU...

SOLFEJA AS NOTAS DAS EMOÇÕES,
SENTE TUDO DOS CORAÇÕES...
E PROCURA SEMPRE GRITAR,
AS FANTASIAS QUE ESTÃO A LHE TOMAR...
Caio Alexandre de Sena Alves
Enviado por Caio Alexandre de Sena Alves em 05/04/2006
Código do texto: T134414
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Alexandre de Sena Alves
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 29 anos
7 textos (453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:14)
Caio Alexandre de Sena Alves