Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TENHO MEDO DE VOCÊ

Tenho medo de dizer sim,
até onde me conduzirás?
medo de puxar a palha mais comprida,
medo de assinar ao pé da folha em branco,
medo do sim, que reclama outros "sim".


Entretanto não me sinto em paz.
Tu me persegues,
me assedias por todos os lados.
Procuro  o barulho porque receio ouvir-te.
Mas infiltras-te num momento de silêncio.
Fujo da estrada pois vislumbrei-te ao longe.
Mas na saída do atalho já me esperas,
quando chego. Onde esconder-me?
Por toda a parte te encontro.
Então não é possível escapar a ti?


Mas tenho medo de dizer sim.
Medo de dar-te a mão, nas tuas mãos a prendes.
Medo de encontrar teus olhos,
tu és um sedutor.
Medo de tua exigência,
me queres por uns momentos.
Estou acuada, mas escondo-me.
Estou cativa, debato-me,
e combato mesmo sabendo
que já estou vencida.


Tenho medo, pois és mais forte.
Possuís tudo e me roubas a paz.
Se estendo a mão para pegar,
pessoas ou coisas,
desvanessem-se a meus olhos.
Não é nada engraçado.
Nada posso apanhar para mim.


A flor que colho, murcha entre meus dedos.
O riso que esboço em meus lábios se enrijece.
A valsa que danço,
me deixa ofegante, inquieta.
Tudo me parece vazio, tudo oco.
Fizeste um deserto em torno de mim.
E tenho fome e tenho sede de amor.
Mas tenho medo de ti.


O mundo inteiro não bastaria,
para alimentar-me.
E no entanto eu te amo. Que te fiz eu?
Por ti eu me dei...
E tu não endendeste a minha doação.
Amor grande e terrível,
Que hás de querer mais ainda?
n
leinecy
Enviado por leinecy em 06/04/2006
Código do texto: T134526

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
leinecy
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 68 anos
239 textos (16770 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:00)
leinecy