Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O fundo do teu olho


    Olhei para teu olho e vi o precipício, profundo.

    Quase desmaiei quando me percebi lá no fundo na grandeza

    Daquele gigantesco fundo de olho.

    Então comecei a subir por entre os fios de tuas pestanas

    Descobri aqueles dois olhos castanhos bem ali,

    Próximos do meu olho a encarar minha face.

    Fiquei trêmula, o calor do teu rosto queimava o meu.

    Tua boca roçava minha face enquanto procuraravam meus

    lábios trêmulos.

    Enrubeci, mas não resisti, devagar fui levando minha bo-

    ca para junto da tua.

    Ficamos ali, naquela fábula de amor, naquele enlevo ins-

    tantâneo que durou uma eternidade.

    Vivemos um beijo de asas, voando pelo espaço abraçados

    em braços flutuantes.

    Depois de toda essa fantasia, esse sonho incomensurável

    nossos pés pisaram o chão, o chão branco do tapete fofo

    que ainda nos dava a sensação de flutuar. Caimos enrola-

    dos um no corpo do outro rolando pelo piso macio das nos-

    sas peles que agora suavam a clara água de nossa entrega!
Marla
Enviado por Marla em 16/04/2006
Código do texto: T139791

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marla
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
46 textos (2508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:02)
Marla