Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem sabe...

Apenas você com esse seu jeito meigo de ser;
Desperta em mim novamente a vontade de poder viver;
Com esse teu sorriso angelical;
Tirou de mim todo o verdadeiro mal;
Com simples palavras de amor;
Tirou toda a dor.

Esse sentimento que derruba as várias barreiras;
És a grande dona do meu coração;
Sempre com essa infinita paixão;
Transmitida em palavras;
Palavras que são sinceras e cheias de sentimentos.

Esse sentimento sopra forte o meu ser;
Quem sabe além desse sentimento;
Encontre a minha outra metade;
Quem sabe além de mim mesmo;
Encontre a essencia do teu amor.

Para onde eu vá estás em meu pensamento;
As estrelas já não iluminam mais;
Sem a tua presença;
Quem sabe em algum ponto do universo;
Nós possamos nos amar;
Sem medo do tempo passar.

Hugo Gonçalves Costa
poeta do silêncio
Enviado por poeta do silêncio em 19/04/2006
Código do texto: T141676
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poeta do silêncio
Carapicuiba - São Paulo - Brasil, 35 anos
84 textos (9105 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:24)