Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se as rosas falassem

Todo amor
Que brotou em meu coração
Toda flor
Que entreguei a minha paixão
Todo ardor
Que senti em seu colchão
Toda dor
Que lamentei no dia do não

Se as rosas falassem
Diriam muito mais que suas cores
Muito mais que seus odores
Cantariam tantos amores
Em fim

De todo amor
Que brotou em meu coração
De toda flor
Que entreguei a minha paixão
De todo ardor
Que senti em seu colchão
De toda dor
Que lamentei no dia do não

Se as rosas falassem
Queixar-se não seria bobagem
O perfume que exalassem
Não seria miragem
Mas sim

Todo amor
Que brotou em meu coração
Toda flor
Que entreguei a minha paixão
Todo ardor
Que senti em seu colchão
Toda dor
Que lamentei no dia do não
BOI (Luciano Alencar)
Enviado por BOI (Luciano Alencar) em 20/04/2006
Código do texto: T141970
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original).
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BOI (Luciano Alencar)
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 29 anos
246 textos (25430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:19)
BOI (Luciano Alencar)