Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paralelos

De mãos dadas
corro pela vida,
entorpecida de sonhos
e de desejos.
E procuro dar ao meu presente
toda tristeza, toda angústia,
todo amor, toda poesia.
Nasci para ser o nada
e para tirar de mim,
toda ternura oculta,
transpassando o espaço,
as nuvens, o arco-íris.
Assim, procuro seguir
o caminho da Via-Láctea
que derrama seu leite materno,
nos meus seios,
confundindo suas gotas adocicadas
com o sabor zinabre dos meus.
E nossas vidas, vão cada vez,
mais paralelas,
mais soturnas,
mais, cada vez mais,
um eu sem você,
um nada de nós.
Marcia Barroca
Enviado por Marcia Barroca em 20/04/2006
Código do texto: T142079
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marcia Barroca
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
109 textos (3479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:26)
Marcia Barroca