Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abrigo.

Tudo oque pudermos ser
Tudo oque tivermos de ser,
Seremos, teremos
Nós podemos
Acalentar nossas almas
Justificar nossos atos
Tudo vai dar certo mil vezes
Mentalizo você e tudo fica bem
Tudo ficará bem mil vezes
Mentalizo você e posso voar.

Noites demais perdidas
E levantei meu castelo
Esquecidas as feridas
Longe de todo medo
Longe de tudo
E meu dragão domestiquei
Para atacar criei.
Tempo demais foi preciso
E perceber o castelo vizinho
Mesmos ângulos tortos
E alguém morando sozinho

Construído
Mesma areia e água suja
Próximos demais
Posso ver teus olhos
Parecido demais
Conheço seus fantasmas
Separado
Pelo monstro treinado
Pequeno e doce castelo
Ressecado pelo Sol sem dó
Repousado
Para o fundo do mar levado
Desumano e impiedoso oceano.

Tudo isto por você agora
Amansar o animal que nos separa
Espantar o fantasma que me apavora
Uma vez na vida poder
Deixar alguém mais forte ser
Me mostrar o caminho
Olhos fechados permanecer
Me pegar no colo e me levar
Longe das cinzas
Meu castelo em ruínas
Para luzes duma cidade
Pessoas coloridas
Casas claras

Esquecido
Que meu mundo destruído
Fora, certa vez,
Pela inveja vencido
Reconstruído
Meu castelo abrigo
Trago-te comigo
Descubro a mim mesmo
Fui dragão
Ainda por ser domado.
Steven Julie
Enviado por Steven Julie em 20/04/2006
Código do texto: T142392
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Steven Julie
São Paulo - São Paulo - Brasil, 40 anos
29 textos (3230 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:58)
Steven Julie