Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁGRIMAS DE UM POETA

Naquela noite de tristeza e sofrimento
Ouvi palavras que nem quero recordar
Até o vento lamentava meu tormento
E densas nuvens ocultavam o luar.

Os lindos versos de amor que te ofertei
No teu desvario espalhaste pelo chão
Despetalando todas flores que te dei
Vi em teus olhos só rancor e ingratidão.

Quis explicar-te mas sequer tu me ouvias
Que sou apenas um romântico sonhador
Tudo que é belo transformo em poesias
Porque  minh'alma se alimenta de amor.

Em teus ciúmes não existe fundamento
Nem  razão para que possas te torturar
Por isso aceito teu adeus nesse momento
Mas a poesia jamais irei abandonar.

Ela é a paz sublimada em santidade
E o lirismo que não podes compreender
Porque não queres entender a realidade
Que ela é a luz que ilumina meu viver.

Na natureza onde encontro inspiração
Vejo o artista contemplando o infinito
Tendo nos olhos muito amor e emoção
Retrata em telas o que existe de mais lindo.

Essa é a verdade que em vão quis te falar
Naquela noite que tão triste até chorei
Quando a saudade for enfim te procurar
Leia esses versos para saber como te amei.

Para prestigiar com sua inestimável visita o site do autor, acesse:
www.LuzdaPoesia.Com

FalcaoSR
Enviado por FalcaoSR em 28/04/2006
Reeditado em 08/04/2010
Código do texto: T146655
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FalcaoSR
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
202 textos (26765 leituras)
7 áudios (1511 audições)
8 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:04)
FalcaoSR