Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tarde demais

Tarde demais para esquecer-te...
Como posso arrancar-te de dentro do meu peito, se já estás esculpido nele com as sublimes palavras do AMOR?
Nada mais importa-me, nada mais faz sentido sem tua presença.
Você tornou-se o ar que necessito para respirar, o brilho nos olhos que almejo ter.
Já não controlo meu corpo, meus pensamentos, eles teimam em suplicar por ti.
Tenho sede...fome...apenas de ti.
O sol...o luar...o vento...nada importa sem você aqui.
Meu amado, meu amor, tarde demais para esquecer-te.
Nem que eu vivesse mil vidas eu conseguiria arrancar-te de mim, pois ao abandonar a ti, estaria abandonando a mim.
Ambar
Enviado por Ambar em 30/04/2006
Código do texto: T148045
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ambar
Ituporanga - Santa Catarina - Brasil
4 textos (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:27)