Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESSES OLHOS TRISTES

ESSES OLHOS TRISTES

Esses olhos que eu fito agora, não são os olhos que conheci.
Olhos que trazem o brilho da felicidade.
Olhos que refletem sua alma serena e linda.
São olhos negros, turvados por lágrimas contidas.
São olhos que carregam infinita tristeza.
São olhos que suplicam ajuda.
Esses são os olhos que minha mente reflete enquanto ouço sua voz embargada.

Mas quão infeliz eu sou, por não estar junto  de você agora.
Se ao seu lado eu estivesse, enxugaria suas lágrimas com meus beijos.
Feche os olhos. Se transporte para a minha companhia.
Farei de meu ombro, o ombro maternal que você tanto deseja nesse instante.
Mostrarei a você que a vida é bela e que vale a pena viver.
Lhe ensinarei a se erguer e suportar os reveses que te atormentam o espírito.

Seque essas lágrimas e sorria para mim.
Mesmo que for por um segundo.
Verá o milagre acontecer.
Você não estará mais sozinha.
Eu   estarei junto de você nesse momento, e a cada segundo de sua existência.
Gilberto Feliciano de Oliveira
Enviado por Gilberto Feliciano de Oliveira em 04/05/2006
Código do texto: T149909
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto Feliciano de Oliveira
Araguari - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
75 textos (8104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:38)