Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Lembrança que Levo

Do exílio, levo uma lembrança:
A beleza de um rosto me encanta.
Portanto mantenho a esperança
E minh’alma sofrida a si mesmo espanta.

Por essa paixão que nasceu entre dores,
Revivo quem inutilmente padeceu
Salto do túmulo com fortes odores
Com o coração que de amores reascendeu.

E como a lua de intenso brilho
Coro o rosto de constante alegria,
Como a mãe orgulhosa vê o filho...

Vencendo em definitivo a nostalgia
Corto para todo o sempre o longo fio
E me livro da lembrança em agonia.
Alberto da Cruz
Enviado por Alberto da Cruz em 05/05/2006
Código do texto: T150654

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite Alberto da Cruz e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto da Cruz
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 35 anos
201 textos (24159 leituras)
15 áudios (1092 audições)
6 e-livros (1207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:43)
Alberto da Cruz