Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fado das rosas...


É meu fado e minha sina,
saber-te longe de mim...
Não começou, já termina;
Nas flores do meu jardim.

Essas flores que eu plantei,
com carinho e amor,
foi teu nome que lhes dei,
a essa roseira em flor...

Amarelas , sua cor...
São meu carinho e ternura;
Elas dão-me o teu amor
e a mais bela ventura.

As minha rosas eu amo,
sou delas o tratador...
Logo de manhã, as chamo
e respondem com amor...

No meu fado estou com elas,
poisadas na minha mão...
São caricias bem singelas,
mas toda a minha ilusão...

António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 10/05/2006
Código do texto: T153783
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20399 leituras)
71 áudios (5404 audições)
5 e-livros (1754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:42)
António Zumaia