Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdoe

Perdoe, amor, as lágrimas de saudade
Escorrendo em teu olhar de mim distante
Elas doem demais, sei que é verdade.
No sofrer, olhe o céu, ele é cintilante.

Vê a dor minha, mas não tenhas piedade,
O rosto há muito não é brilhante,
É triste e frio, sem alívio à mocidade,
Diferente do tempo em que era radiante.

 Perdoa, amor, as lágrimas de saudade
Palavra, por mim, a qualquer instante
Cessará a dor – ao mundo só bondade

Aos teus pés hei de cair – louca vontade
Hei de beijar tua mão enebriante
E morrer. Completa felicidade.
Alberto da Cruz
Enviado por Alberto da Cruz em 12/05/2006
Código do texto: T154977

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite Alberto da Cruz e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto da Cruz
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 35 anos
201 textos (24148 leituras)
15 áudios (1092 audições)
6 e-livros (1207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:41)
Alberto da Cruz