Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Numa noite escura

Uma noite escura
silêncio de lágrima
vestígio de luz
amor oculto
dia de azar
sem medo, sem culpa
mas já não há motivos
pra acreditar

No brilho sombrio
do poste da rua
na voz que não soa
no olhar que não brilha

Segredo no céu
mistério do véu
da noite que cai
e deixa solidão

Porque o amor é longe
e a noite é fria
Porque ele se esconde
e a cama vazia
A ausência é marcada
por essa agonia

Mas volta pra cá
chega com luz
calor de carinho
chega devagar

Volta tarde
não tarde demais
numa noite escura
que não acaba mais
mas que já não é escura
nem noite
nenhuma
Fogo Selvagem
Enviado por Fogo Selvagem em 17/05/2006
Reeditado em 23/08/2006
Código do texto: T157954
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fogo Selvagem
Campinas - São Paulo - Brasil
288 textos (8595 leituras)
2 áudios (147 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:48)
Fogo Selvagem