Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foi você...

Que reciclou minhas emoções...
Que equilibrou o certo,
No meu sorriso incerto!
Foi você...
Que penetrou nos jardins dos meus sonhos,
Que pairou com tua presença...
Na tênue atmosfera dos meus versos!
Foi você...
Que gritou bem alto; ao meu coração,
Na sombra que o gesto oferece.
Que andava em sentido oposto ao meu,
Juntando pedaços de mim!
Você que foi testemunha do meu sorriso,
Foi você...
Que retirou as incertezas do porta retrato,
Induzindo meus olhos; minha boca...
A serem teu álibi; das tuas vontades.
Foi...Foi você sim...
Que transpirou sobre meu corpo,
Umedecendo minha pele de prazer.
Sufocando o não consentido; o sim permitido!
Foi você...
Que me transformou minha luxúria,
Em textura cristalina; em razão consentida!
Foi você...
Que se permite entre meus seios,
Sem medo; sem recato; com desejos saciados,
Absorvendo momentos que perdura na alma.
Iludindo como sofisma de palavras.
Por você...Quero acordar antes do sol ir embora,
Colher as folhas secas do outono...
Quando minha voz se calar.
Foi você...
Que beirou meus caminhos; retirando os espinhos,
Por você...
Transito na floresta da esperança!
ERVA DOCE
Enviado por ERVA DOCE em 21/05/2006
Código do texto: T160386

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ERVA DOCE
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
27 textos (1236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:21)
ERVA DOCE