Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noturno

Pensei que poderia esconder minha mente de pensamentos sobre você.
Pensei que minha paz viria ao me deleitar em trevas.
Mas meus sentimentos por você me cegaram de tal forma.
Que chego a me perder em tal engano.
Na escuridão fria de meu leito.
Me foge a paz, a minha sanidade se distancia.
perco o controle.
Meus desejos e a sua ausencia, se completam ao desespero de ter- te,não podendo toca- la.
E minha torura é o meu alimento.
Pois minha alma se acostumou com a dor.
Pois prefiro morrer lenta e dolorosamente,
do que não ter- te gravada em minhas lembranças.
Donovar
Enviado por Donovar em 23/05/2006
Código do texto: T161443
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Donovar
Mantena - Minas Gerais - Brasil, 28 anos
3 textos (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:13)
Donovar