Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dona de mim

Quero cantar em versos
Este amor eterno
Nas folhas do caderno
Sei que não caberá
Assim como no coração
Não posso contê-lo
Tenho que mostrar pro mundo
Este amor profundo
Todo o sentimento
Amor eterno
Nas folhas do caderno
Sei que não caberá.
Palavras, eu tenho que buscar,
Para descreve-lo
Não posso contê-lo
Tenho que falar.
Em forma de canção
Toda esta paixão
Com todo o fervor
Cantar este amor!
Tenho que louvá-lo
Como controlá-lo
Tenho que mostrá-lo
Este amor assim
Imenso sem fim
Chega a transbordar
Tudo o que eu quero
Transformar em poesia
Toda a alegria
Não me desespero
Eu sabia
Que o poeta brotaria
E que eu seguiria
Pela vida assim
Falando de você
Dona de mim.
Poesia não me falta
Com o amor em alta
Seguirei cantando
Sempre te amando
Com todo fervor
Cantando o amor
Em forma de paixão
Alimentando o coração
Eu sou assim
Até o fim
Servo teu
Agradeço a vida
Que Deus me deu
Sei que sou completo
De amor repleto
Você a única razão
Da minha paixão
Dona de meu coração.
Quero você sempre assim
Dona de mim...
Edson Satler
Enviado por Edson Satler em 25/05/2006
Código do texto: T162602
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edson Satler
Cotia - São Paulo - Brasil, 49 anos
32 textos (1853 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:30)
Edson Satler