Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA DE AMOR


Para sempre imaginei que nosso amor seria,
Para sempre quis que a vida fosse,
Estradas sem curvas, pontes ou obstáculos.
Vôo supersônico em avião de papel,
Historias parecidas de autores diferentes.
Desculpas aceitas por olhares coniventes.
Para sempre achei que o sol brilharia em sua vida,
Páginas e mais paginas escritas em seu nome,
Olhares flechados em direção exata,
Porto seguro em embarcação instável,
Imagem sem reflexo de espelho quebrado.
Para sempre fiz nosso poema de amor,
Escrito para você e ninguém mais,
Criatura divina que eleve minha alma,
Transmuta sentimentos,
Fazendo ferver em minhas veias,
Meu sangue escarlate compactuado ao seu.
Para sempre o tempo estará a nosso favor,
Cores vibrantes de arco-íris daltônico,
Meias dependuradas em lareira de natal,
Pedido secreto à estrela cadente,
Sonhos de corpos descansados,
Em travesseiros de nuvens transparentemente brancas,
Beijo vulcânico de gosto indescritível.
Para sempre imaginei que nosso amor seria,
Simples, puro e único.
Para a vida inteira.


Rodfalcão
Enviado por Rodfalcão em 27/05/2006
Código do texto: T164348
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodfalcão
Anastácio - Mato Grosso do Sul - Brasil, 43 anos
3 textos (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 22:19)
Rodfalcão