Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Feiticeiro...


Dizes ... Do amor sou feiticeiro;
Resumindo...poeta desatinado,
faço do poema, amor inteiro...
Creio ser esse, o meu pecado...

Canto poema numa bela loa,
arriscando assim o meu destino;
Pelas vielas...da minha Lisboa,
fado que canto...em desatino.

Sou feiticeiro porque te amo...
Minha alquimia, é mesmo o  amor...
Faço magia e por ti chamo,
Fazendo o sonho...da bela flor.

Faço magia com teu olhar...
No teu corpo, o templo da vida;
Meu feitiço, é o teu amar
e nesta magia...és querida.

Sou o teu mago que faz amor,
alquimia no teu corpo lindo...
Do teu sorriso eu faço o calor;
Nesse amor, que para mim está vindo.

Sou o teu mago e faço a magia,
no sustento deste amor, que tenho;
Oh! deuses dai-me a alquimia,
porque somente a imagem, eu retenho.

Quero o corpo suado no meu;
Esmagar os seios no meu peito...
Quero a magia do corpo seu,
prostrado em delírio, no meu leito...

É essa a magia que eu quero;
Adentrar o seu corpo em loucura...
Mostrar aos deuses, porque a venero;
Na magia, que é minha ventura...

António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 01/06/2006
Código do texto: T167166
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20399 leituras)
71 áudios (5404 audições)
5 e-livros (1754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:49)
António Zumaia