Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema de Amor

Escrevia um poema de amor quando senti tua presença.
este poema falava de um ser que amava,
os amores impossiveis que a vida oferecia-lhe.
Com o passar das horas senti mais uma vez tua presença,
desta vez, estavas cada vez mais próximo, talvez ao meu lado.
Lembro-me bem de teu sorriso, ainda sinto teu cheiro,
ouço às vezes, tua voz chamando-me por algum pseudônimo carinhoso, então sinto como se não tivesse esquecido tudo o que devia.
Vez em quando vem a recaída e com ela o medo de voltar tudo outra vez.
Talvez seja apenas um surto de saudade ou quem sabe, carência,
mas, existe um desejo incontrolável de encontrar-te por aí e dizer apenas um: "oi, como vai?", mas o medo...
Este sim me trava completamente e me faz este ser frio e sem ânimo para o amor, sem vontade de amar,
Este medo dà-me a sensação de fracasso, sem asas para fluir em meus pensamentos tudo o que poderá me fazer feliz.
Hoje olho para trás e vejo o longo caminho que percorri sem nada fazer.
Não tive sorte ao amar, nem fui feliz, pois lutei sozinho...
e não encontrei base alguma para aumentar minha esoerança,
fui prematuro, não pensei nas consequências, apenas nos falsos momentos felizes que pensei ter tido.
Mas não se devo lamentar o que ficou, apenas seguir em frente.
Viver o presentesim, mas desta vez pensando no futuro que está à nossa frente e nos espera!
Hoje estou aparentemente feliz, pois sei que  ainda falta-me algo, mas não consigo encontrá-lo, então este poema de amor é para tentar desabafar aquela angústia que tormenta meu coração que bate,
Mas ainda sofre por um amor do passado.
Neste poema de amor, estou declarando o meu amor por você,
mas te sinto tão distante que resolvi deixar de lado,
pois sei que não vai me ouvir novamente...
Então essa falsa felicidade leva-me adiante, para o futuro,
a procura de um amor perfeito, ou... quase perfeito.
Este poema de amor faz-me assim, pensar em você, mas querendo gostar primeiro de mim, pois não o faria, se pudesses...
Paulo Junior Massi
Enviado por Paulo Junior Massi em 08/06/2006
Código do texto: T171702
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Junior Massi
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
20 textos (1009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:14)
Paulo Junior Massi