Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMOR MACHUCA TANTO

HOJE
PEGUEI UM PAPEL
UMA CANETA
DEBRUCEI...
RETIREI MEUS PENSAMENTOS
VOLTEI AO PEPEL.
CANETA,
PAPEL,
PAPEL!
NADA.
SAIO,
PENSO,
NADA!
VOLTA PARA O PAPEL
RABISCO
ALGUMA COISA
ESCREVO
NÃO. NÃO ESTÁ BOM.
PAPEL,
CANETA
POEMA
POESIA.
SÓ VOCÊ
NA MEMÓRIA,
VOCÊ.
HOJE,
EU NÃO COSNSIGUIR
ESCREVER UM POEMA
POR QUE?
TALVÉZ, PORQUE...
SEI LÁ!
SÓ SEI QUE O AMOR MACHUCA TANTO!POR QUÊ?

CALIXTO
Enviado por CALIXTO em 09/06/2006
Código do texto: T172308

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CALIXTO
Itagi - Bahia - Brasil
222 textos (11576 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:44)
CALIXTO