Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para começar...

Ela pensa em quantos lares visitou
Que em nenhum deles se encontrou
Recentemente esteve no mundo de um homem viril
Mas, amor de verdade não sentiu

Em alguma estrada ficou o coração
No início, vivia em constante explosão
Há quanto tempo, nem se lembra mais
Sente esta tristeza que não sai?

Com um pouco de razão, já compreende
Pessoa feita não existe nem se vende
Alegria se constrói, e com tanta dor
Hoje valora que não é fácil o amor

Sempre precisou de um braço amigo
Mas se entregava, sempre ao primeiro, com o coração indeciso
Provou com amargor as primeiras dificuldades
Desistia logo de investir na felicidade

Tanto esperou, que agora só espera
No outono o verão, no inverno a primavera
São dois momentos, mas cada mês é um eterno
E a solidão um firme e sólido concreto

Agora que já não sabe amar as grandes paixões
Sente poder amar sem impor condições
Quer aprender a sonhar, mas para começar
Pela primeira vez quer se doar e acreditar...
Mar de Oliveira Campos
Enviado por Mar de Oliveira Campos em 22/06/2006
Código do texto: T180467
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mar de Oliveira Campos
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
77 textos (5348 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:17)
Mar de Oliveira Campos