Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mas que seja infinito...

     Luzia, enfim, a manhã.
Dessoutro lado do céu
um sol ourichuvo respingava
os coqueiros; folhagens ruflavam
ao primeiro alento de mar.

.........................................................

     Engraçado, não percebi
que estava há tanto tempo
sentado ali, ouvindo alguém
tocando violão, cantando Vinícius.
Só percebi quando tua ausência
soprou meus cabelos, sussurrando
bem de mansinho “ eu sei que vou te amar ”.
Chaplin
Enviado por Chaplin em 23/06/2006
Código do texto: T181119
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chaplin
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
420 textos (28742 leituras)
1 áudios (130 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:31)
Chaplin