Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAR DE LÓTUS

Deixe morrer sobre mim o seu cansaço
Sirva-se de mim, um bom pedaço
Sacie a sua fome
acalme a sua sede
Passeie por minhas avenidas e vielas
destroçando botões, arrancando fivelas
Deixe-se
e lave a sua alma
no quente minar das minhas entranhas
Água de orvalhos de uma feminina flor
Repouse a sua cor no meu colo
enterre a sua dor no meu solo
Veja-se humano, sinta-se homem
e um soberano
após degustar o meu sabor
Sinta-se escravo, meu amo e senhor,
após ter, docemente, sugado toda a minha cana
após ter suado toda a nossa cama
após ter fincado em nosso mar de lama
o lótus do bailar do nosso amor.


D.V.
19/08/05 - SSA/BA

Copyright © 2005-2006 Dulce Valverde
All Rights Reserved
DULCE VALVERDE
Enviado por DULCE VALVERDE em 29/06/2006
Reeditado em 07/12/2007
Código do texto: T184209
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e link para o site " http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=6199 "). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
DULCE VALVERDE
Estados Unidos, 46 anos
391 textos (10864 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:16)
DULCE VALVERDE