Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SINTO

sinto que o sentimento que ancora
o meu vasto peito,agora
lógo o preencherá.
tanto de expectativa,
ou de tênue alma-viva
ou medo de se entregar.

sinto,o que não sentia tanto
talvez de medo,espanto
não queira transparecer
o amor que me foi negado
ou de falso se revelado
vejo que está em você.

sinto,de fato não minto
sem saber,só por instinto
que você também tem medo
de se entregar completamente
vejo em seus olhos que a mente
está tramando em segredo.

sinto,desejo e quero
de você porém,espero
que para sí mesma não minta
desejar,você deseja.
que sua vontade seja
apenas não queira,sinta.

sinto,já não és frio
no peito que era vazio
algo a se sflorar
como brasa em chama-viva
e que essa poesia sirva
pro seu amor despertar.
nomade
Enviado por nomade em 30/06/2006
Código do texto: T185270
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
nomade
Cerejeiras - Rondônia - Brasil, 40 anos
19 textos (1144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:19)
nomade