Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mania Antiga

Eu perguntava: O que vai ser?
Você ria de mim!
Eu sentia-me estranha, nessa confusão onde você me perdeu.
Você complicado demais!
Eu sempre quis que me valorizasse;
Mais uma vez fui rejeitada.
Decidi então Mudar!
Afinal de contas achei quem me desse um coração por inteiro!
Não adianta mais vim correndo, pedindo pra ficar.
Nesse jogo de amar, foi minha vez de ganhar.
Fica ai, que eu vou embora!
Ainda diga que ta contente,
Pelo tempo perdido, do que era só pra você!
Resta apenas uma boa lembrança de tudo que aconteceu entre eu e você!
Agora sei que o amor é uma coisa muito boa!
Deixe-me!Você num tinha medo de me perder certo?
Nem pensou que eu poderia abrir meus olhos algum dia?
Demorou mais esse dia finalmente chegou...
Agora virou obsessão falar de perdão logo depois de traição?
Veja só você era o único que não me valorizava,
Esqueceu sua fama ridícula?Tarde demais...
A minha vida eu mudei, tentei e consegui te esquecer depois de tanto sofrimento!
Agora todo dia escapamos da rotina dos meus antigos e mesmos desejos, tenho sempre um novo destino!
Faz muito tempo já, está tudo mais calmo, olhando para trás, depois de um dia nada normal, vi que fui mais longe depois que acordei e me libertei das correntes que me prendiam á você!
Seu orgulho que não entendia que por sua causa, eu tinha perdido minha liberdade, e muito mais,
Tudo por você...
Chorei muitas vezes, pois não sabia me amar.
Deixei só um sonho construído em cima de outro, e foi melhor assim!
O meu novo amor, não me perde todas as noites como você fazia antes.
E todos os dias  contempla o sol do meu olhar;
Passa o tempo todo a me esperar, e inventa maneiras de dizer que me quer pra sempre!
É assim que se faz com que o dia termine bem,
e não foi preciso muito não;
Apenas mudar uma mania antiga:
Que era amar você!
Carolbubu
Enviado por Carolbubu em 02/07/2006
Reeditado em 29/04/2012
Código do texto: T186264

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolbubu
Campinas - São Paulo - Brasil, 26 anos
7 textos (209 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:02)
Carolbubu