Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher presunção

Eu me amo porque sou divina
Depois de mim nada é perfeito
Sou envolvente, bela e cristalina,
Luz da verdade, saber e do direito.

Tu me amas porque tens bom gosto
E morrerias deprimido por viver sem mim,
Ao assedio de outras viras o rosto
Por não poder amar a mais ninguém assim.

Ele me ama porque sou irresistível
E daria a própria vida por um só beijo meu
Sou culta, refinada e irrepreensível,
O maior desejo da realeza e do plebeu.

Nós amamos do meu jeito singular
Tu te entregas desesperado de paixão
Eu me divirto com tua febre de me amar
Sem te abrir as portas do meu generoso coração.

Vós me amais no silêncio dos teus sonhos
E me imaginas ao teu lado no altar
Nos teus braços ter meu corpo ao abandono
Anulando-te simplesmente por me amar.

Eles me amam porque sou maravilhosa
Muito mais linda que jardins na primavera
Entre todas mulheres a mais charmosa
Dotada de corpo escultural, sensual, sedutora e sincera.
FalcaoSR
Enviado por FalcaoSR em 23/05/2005
Reeditado em 09/04/2010
Código do texto: T19030
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FalcaoSR
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
202 textos (26765 leituras)
7 áudios (1511 audições)
8 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:23)
FalcaoSR