Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar-te, é um disparate


Se um dia,
Alguém me dissesse
Que iria sofrer, por ti,
meu amor,
Eu zangar-me-ai e,
até faria
algum disparate
Mas como nunca pensei
Que amar alguém
Fosse crime
Ou mesmo, desastre
Meu olhar, pousou no teu
E, me apaixonei,
Enfim, disparate
Que mais uma vez
Eu cometi
Amar-te foi e será sempre
Algo de bom, tal qual
O vento sopra com mais força
Tal qual o mar é calmo
E se enfurece
tal qual o sol
nasce todos os dias
Tal qual acordo de um sonho
Sem qualidade, sem figuraçao
Todo distorcido.
Porque, amor, jamais sentiste
Meu coração pular ao ver-te
Ou ao sentir-te
perto de mim,
Tu me ouviste
ou mesmo viste
Toda eu trémula
de amor por ti
Mas não quero,
Nem sou, tão masoquista assim.
Amar-te é um prazer,
E um prazer, é sentir-te
mesmo não estando
Ao pé de mim
Vou querer-te para toda a vida
Pois, meu amor,
Eu vou amar-te
Para todo o sempre
Ao pé de mim

12/07/06

MagiadosSonhos
Enviado por MagiadosSonhos em 12/07/2006
Código do texto: T192425
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MagiadosSonhos
Portugal
17 textos (709 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:29)
MagiadosSonhos