Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cimara



Amor perdido.
Mas amor não se perde por acaso.
A tola briga
O ciúme infundado.
O orgulho infantil.
E agora?
Mergulho no álcool,
Desabafo.
Uns poemas pesados.
Uma falsa alegria.
Esquecimento momentâneo.
E depois?
Depois ...
Sim, um novo martírio
Uma nova flor desabrocha
Uma nova lágrima chora,
E a chuva cai
Como se compreendesse a dor.
Reidner Willians Pacheco Peres
Enviado por Reidner Willians Pacheco Peres em 14/07/2006
Código do texto: T193701
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reidner Willians Pacheco Peres
Jataí - Goiás - Brasil, 57 anos
5 textos (119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:48)