Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

lutador

   O relutante

Você alcançou o horizonte do meu frontal
Com fecho de brilho, do seu olhar fatal.
Sua face um detalhe, a mais linda mortal,
Furtando-me a alma deixando uma paixão crucial

Volumoso poder do olhar.
Tão firme que comecei a sonhar.
Abraçando-a, não consegui acordar.
Logo veio um pesar, frio fazendo-me despertar.

Voltei no tempo, faleci de arrependimento.
Quando em auge corporal, faltando intelecto não tive o ajuste do temperamento.
Estaria em vossos braços reduzindo seus vazios, compartilhando cada momento.
Eternizando o verdadeiro e único sentimento.

Derrotado nunca pensaria.
Ficar ao seu lado e fazer a justiça com ousadia.
Só estarei derrubado quando, Deus privar-me de ver o dia.
Tornarei merecedor do seu amor através da rebeldia.

Não tendo em meu leito seu corpo.
Mas estarei na mente, do eu tolo.
Covardia do destino, negar materializar só um pouco.
Para que minha vida tenha a felicidade de um louco.
   
 





Cristiano Rezende
cristiano rezende
Enviado por cristiano rezende em 14/07/2006
Reeditado em 07/05/2009
Código do texto: T194230
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cristiano rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
38 textos (2592 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:25)
cristiano rezende