Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempo

Mesmo que o tempo

Se encarregue de entortar

O que estava reto

Resolva apagar

O que foi escrito

Pense em dilacerar

Um amor tão bonito...

Valeu a pena o tempo

que esse mesmo tempo

me fez viver junto a você.

Tempo! Tempo! Tempo!

Como tu és ingrato!

Mata emoções,

distorce situações,

emudece corações,

causa decepções!

Mas tempo vivido,

é tempo!

Tempo passado,

é tempo!

tempo futuro,

é tempo!

E mesmo que o tempo

me apague do seu coração,

meu tempo de te amar

será eterno!
Cláudia Marques
Enviado por Cláudia Marques em 21/07/2006
Reeditado em 30/08/2006
Código do texto: T198882

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Marques
Cruzeiro - São Paulo - Brasil, 42 anos
232 textos (153570 leituras)
2 e-livros (107 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:53)
Cláudia Marques