Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dez Anos...





Esta noite sonhei com você,
    um sonho lindo,
        com nossas raízes,
             com nossa história;




    Centenas de noites passaram e...
          não imaginava que em um sonho
             nossa história de amor
                   pudesse vir à tona,


 
Te amo sim,
     não errei na escolha
          é você que amo;
                poderá passar anos e anos
                      e meu coração será seu
                            pra sempre seu!



Palavras escritas em forma
   de declaração nas paredes
       de um santuário de
           uma santa em
                um morro!
                      que morro
                           se perder
                                  você;



Não fomos a igreja
        mas as juras de amor
               não te preocupa, eu já fiz,
                     talvez não poderemos ir a
                               casa do matrimônio
               mas eu prometo e
                     faço juramento
                             não te esquecerei
                                      jamais;

1994 a última vez que
     escrevi tão sinceramente
           de amor,
                quem diria dez anos
                        se passaram e eu
                                consegui, voltei a
                                      sentir e escrever
                                            amor...


2004, pensei que tinha
    acabado a inspiração,
          o carinho,
                a vontade de escrever de
                       você sobre você,
                               do amor;


         Fico feliz,
                      nem o tempo
                                   apaga nem apagará,
           hoje não é um poema
                                    é um relato,


Relatos de uma vida
     relatos do amor,
            para sempre
                 você,
                     para sempre...


   Não morreu e
             nunca morrerá,
                        ficará para sempre
                                  esse carinho, esse amor;


   Que passe o tempo,
         dez, vinte, trinta anos
               amor verdadeiro não morre,
                       supera e suporta tudo até...
                                   DEZ ANOS ! !

Escrito por: Viterbo Remedi Cordeiro
       No dia:  29 de Abril de 2004
              Às:  8: 45  h       Quinta-feira
Ass :  Viterbo Remedi Cordeiro
Viterbo Remedy
Enviado por Viterbo Remedy em 22/07/2006
Código do texto: T199740
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Viterbo Remedy
Santana do Livramento - Rio Grande do Sul - Brasil, 39 anos
6 textos (229 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:28)
Viterbo Remedy