Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ó criatura!

Óh amável criatura!
Que queres ainda de mim?
Já não basta ter-me roubado o sono?
Meu sossego... minha fome?
Vago nas madrugadas sem fim...
Um coração repleto de saudades!

Óh criatura!
Que instiga minha imaginação,
Invade meus sonhos, e os faz tão lindos!
Deixando meu ser em turbulência,
Reprimindo desejos tão íntimos!

Óh criatura adorável!
Que queres ainda de mim?
Queres também minha alma?
Meu último sopro de vida?

Quanto desatino!!!
Perverso destino...
Vem... leva-me...
Para junto de ti
Deleita-te desse momento,
Na simplicidade...
Sem culpa...sem medo...
Sem pudor.
Wall
Enviado por Wall em 25/07/2006
Código do texto: T201270
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wall
Feira de Santana - Bahia - Brasil
50 textos (3089 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:05)