Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Daí-me

Daí-me o teu sorriso
Como dadiva inequívoca de minh’alma
Como presente outrora encoberto
Hoje inebriante em excelência
Daí-me o teu sorriso
Deslumbra-me com teu olhos
Transcendentes a todo e qualquer entender
Que dimana a razão de amar

Daí-me o teu sorriso
fonte por verdade inesgotavél
Enfinda em teus sentidos
Se testifica,como dadiva perpetua
Daí-me o teu sorriso
Permita-me a graça de despertar como dantes
Tendo tua fragância exalada
Mediante meu enfadonho quotidiano

Daí-me o teu sorriso
Enclausura-me,desvaneça-me
Mas daí-me
Daí-me o teu sorriso
Junior Antonio
Enviado por Junior Antonio em 26/07/2006
Código do texto: T202179
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Junior Antonio
Paracatu - Minas Gerais - Brasil
181 textos (8146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:42)
Junior Antonio