Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Procura

Desejo incontrolável de possuí-los,
Pois sei que com isso a aurora surgirá.
Penso mais nisso do que na minha própria existência.
Como são doces nossos encontros,
Alternando a fantasia e o mundo natural.
Ando pelas ruas procurando por eles,
Será que estou ficando louco?


Em tardes de alvorecer,
Úmidos e quentes me deixam ludibriado.
A fragrância doce me entorpece.
E num alívio mais que profundo,
Tudo fica nítido quando os encontro.



Até quando ficarei no deserto,
Sem ter aquilo que irá saciar minha sede.
Em um momento de desespero,
Olho para o céu e grito:
Quando afinal os meus lábios tocaram os teus.
Príncipe do sonho
Enviado por Príncipe do sonho em 26/07/2006
Reeditado em 28/07/2006
Código do texto: T202607
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Príncipe do sonho
Argentina, 40 anos
13 textos (494 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:26)
Príncipe do sonho