Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" M E N T I R A "

Evaldo da Veiga



Daquela mulher só lembro se alguém mencionar
Mesmo assim, falo o nome e não lembro a imagem
Como pode, eu mesmo me pergunto
E não encontro resposta pra tanta distância
Gozamos momentos juntos e pensei serem eternos
Imaginar a separação era ir para o invisível
E eu dizia sempre que se separar seria perder
Hoje cada qual no seu caminho e se passar perto
Talvez não sinta sequer um pequeno desejo


Mas falando nela que é minha mentira habitual
Você a viu, sabe de algo que eu não sei?
Por favor, diga logo, mas não diga que perguntei
Em falando verdade eu só queria dizer que devo mentir
Os meus sorrisos alegres, em verdades são tristes
Refletem o ânimo de não viver na realidade que estou
Uma realidade fugaz que só vive o agora
Por que não consegue viver de verdade, o antes ou o depois



N - Imagem, Tela do Rubens

evaldodaveiga@yahoo.com.br

Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 28/07/2006
Reeditado em 08/04/2012
Código do texto: T203618

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313602 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:50)
Evaldo da Veiga