Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" A FREIRA E O AMOR "

Evaldo da Veiga



Ela na Rua da Esperança,
onde em cada esquina
havia um Sinal que sinalizava
Amor, ternura e encontro
No final da Rua uma Praça
com banquinhos, árvores e um coreto
Em volta da Praça, moças e rapazes
caminhando, eles em sentido contrário,
elas em sentido diferente do deles
Havia encontro de olhares a cada volta,
alguns que se comprometiam com o outro
sem que da outra parte houvesse um sim,
ou ao menos ciência do amor que projetava

Uma Praça com banquinhos onde sentavam
os comprometidos, aqueles que não buscavam,
casados, noivos, avós e as Freiras,
que habitavam no Convento de Frente.
Freiras acompanhadas de Freiras,
vigilância que buscavam uma na outra,
e que nenhuma, intimamente, aceitava
Não queria vigiar e nem ser vigiada,
queria liberdade de ver e imaginar depois...
Soltar no silêncio do seu quarto compartilhado,
aquela imagem de homem que despertou
emoção, desejo proibido. Cristo é amor, mas não transa...
Vontade de ter um quarto só seu,
ou compartilhado, sem irmãs, mas com aquele homem...

evaldodaveiga@yaho.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 30/07/2006
Reeditado em 27/05/2011
Código do texto: T205537

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:47)
Evaldo da Veiga