Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Distante

Foi no espelho
Vi meu coração bater forte
Meus olhos sorriam
Vi meu sorriso no ar
Meus desejos correndo pelas veias
Senti um abraço seu...calor...
Beijo oportuno e devidamente posicionado
Arrepios ...malabarismos...
Peças de tabuleiro sem querer finalizar
O Rei nunca morre...
Emoção que não se esvai...retorna!!
Suor... mais calor ... mais malabarismos
Fielmente limitado a imaginar detalhes corpóreos
Esse é o infortúnio da distância
Apenas física!!

Futata

01/08/2006
Futata
Enviado por Futata em 01/08/2006
Código do texto: T206988
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Futata
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
20 textos (793 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:11)
Futata