Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

To katalyst & bbls_girl

Duas almas sofridas
Perdidas no tempo
Dois corpos sozinhos
Largados ao vento
Haviam sofrido
Nas mãos de outro alguém
Por coisas passavam
Em silêncio choravam
Sem ninguém para abraçar
Sem um ombro para encostar
Sem um amor para agarrar
Sem destino para andar
Caminhavam na vida
Com um sorriso na cara
Com feições de quem ama e é feliz...

Seus caminhos se cruzaram
Por ironia do destino
Entre si se olhavam
Um no outro reparavam
E o amor foi nascendo
Duas almas se entregaram
Aos desígnios do amor
Seus sofrimentos juntaram
Para um sentimento nascer
Aquela coisa bonita
Acabara de nascer
Agora dois, são um só
Dois corpos deram o nó
Sempre juntos vão ficar
Para sempre vão se amar...
Gasosa
Enviado por Gasosa em 09/08/2006
Código do texto: T212835
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gasosa
Portugal
60 textos (4071 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:05)
Gasosa