Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" TE AMEI, SIM "

Evaldo da Veiga




Te amei, sim,

talvez mais

do que você amou a si mesma.

Dei-te ternura que não valeu,

tua sensibilidade era o bem material.

Pode sim, querer além do amor,

mas valorizando-o  como ideal.

Não foi o teu caso,

que só notava o que não tinha,

o que faltava  te envolvia



Fez-te esquecida de mim

e de todos que vivem o amor.

Hoje,  eu e  ninguém

chama-te meu bem,

passou a vida de afeto

de ternura...

Tudo passou por você,

bem rente, pertinho,

você não viu, ignorou...

Hoje, se diz triste e descrente,

mas reclamar de quem?

Se você foi quem fez a dor.

Cansou-se da vida, lamento...

Cansou de ti mesmo, era previsível,

ninguém vence

derrotando a si mesma.

Ninguém vence

ignorando o amor



evaldodaveiga@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 11/08/2006
Reeditado em 22/01/2007
Código do texto: T213853

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:49)
Evaldo da Veiga