Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Droga de amor

Energia, força, raiva me dás...
Me deixas num estado nervoso sem explicação
Me deixas borbulhando, fervendo, em ebulição
Vou te pegar e sublimar esta energia num beijo
Sublinhar teu rosto com expressões desconhecidas
Vou queimar teus lábios, agarrar teus pulsos
Pois sou paixão e em ti acharei o chão
Acalmarei meu vicio, pois és meu vicio
És a minha dependência, meu pão
És algo que quero e que não pode á mão faltar
É como querer de repente suster pra sempre o ar
E esse efeito de tontura dominar... este meu ser
Me subjugar á tentação e ao pecado de querer
Pois eu não consigo deixar de lado esta energia
Esta força que me dás
Esta raiva que me convida
Este querer e não poder que me leva quase ao desmaio
Este querer te ter por perto que resulta sempre ao contrário
É o vicio... esta dependência...
Me faz esconder choros e risos que não consigo conter
Me faz dar, dar, dar e dar, mas esperar em troca receber
Pois esta mão só é feliz quando te toca
É uma flor que sem água cai morta
É uma amor que se trafica de porta em porta.
É vicio que em mim habita, é como droga
Ou morro ou fico louco, não tem outra.
Mas que importa?
Prefiro vicio,
A desperdicio....
TrabisDeMentia
Enviado por TrabisDeMentia em 11/08/2006
Código do texto: T214191
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
TrabisDeMentia
Portugal, 39 anos
54 textos (2526 leituras)
3 áudios (469 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:59)
TrabisDeMentia