Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Minha Namorada e o Céu"

Evaldo da Veiga



Ela chegou junto com a minha puberdade
Chegou juntinho, no mesmo tempo e espaço
Observei bem os seus olhos, o olhar
E o sorriso lindo
Observei os cabelos, o corpo que se fazia mulher
Sinto agora que observei tudo

Algo invisível que não sei se era o silêncio
Sua áurea de pecado ou inocência
Que me excitava tanto
E que todas as noites iam visitar-me
Leve, suave, em pensamento
Em vários momentos fazíamos amor
Tudo como se fosse  ao vivo
Em movimentos, cheiro e ternura
Ela vivia ao meu lado
E eu querendo vivê-la sempre
Desejando que nada se modificasse

Mas se paga um preço alto por tanta devoção
Todos os dias de felicidade
Foram sufocados por uma ida prematura
Ela se foi e eu fiquei procurando
Olhava o céu tão imenso e tentava adivinhar
Quantas súplicas para ir também
Sem saber sequer, aonde ir, aonde chegar

A Lua era um ponto de referência
Onde eu mais a imaginava
Ela gostava da vida
Do Sol, das Flores e dos Bichinhos
Só na "Lua dos Namorados" poderia existir tudo isso

Nunca consegui e nem queria pensar
Ela longe, em outro lugar
Porque na Lua imaginávamos a presença
Dos Anjos e das Forças do Bem
E sob a Lua foi o nosso namoro tímido
Não tinha pega, amasso, só beijo suave
Tendo tudo de contemplação e verdadeiro amor
Esperávamos imaculados o tempo certo chegar
Tempo que nunca chegou


evaldodaveiga@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 13/08/2006
Reeditado em 24/03/2012
Código do texto: T215327

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:49)
Evaldo da Veiga