Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Desespero do Amor

Foi numa tarde onde te conheci
Olhei-te, linda criatura que eu amei,
Aline.
Logo que conheci te desejei,
Desejei e desejei sua companhia.
Eu te conheci e te amei,
Porque eu também não sei,
Mais te desejei.
Aline.
Você sabe,
Sua visão te mostrou e vc
Rejeitou o meu amor.
Não me quis porque não sei.
Não sei o porquê mais eu chorei Aline,
Eu chorei.
Eu te perguntei por que não vem?
Vem!
Vem eu te implorei,
Vem.
Eu não quis assim,
Já não sei como te dizer como eu te quero,
Amo-te.
Eu clamo seu nome Aline,
Aline eu te chamei,
Aline
Aline me ajuda se não me quer
Como eu faço sábia mulher?
Eu te amei,
Aline!
Aline eu te implorei e te implorei por que não vem?
Vem aqui,
Vem,
Vem me ver eu estou aqui.
Já te disse e você sabe,
Eu te amo!
Amo-te!
Mais do que tudo eu te amo,
Amo Aline por que não vem?
Já te implorei eu quis sim,
Ter você para amar,
Fazer-te feliz,
Sim feliz,
Feliz,
Aline por que não vem eu te implorei?
Como o pode ser assim você é uma sábia mulher,
Então Aline por que não vem?
Vem aqui.
Por que não vem eu te implorei,
Implorei Aline porque não vem?
Landell
Enviado por Landell em 16/08/2006
Reeditado em 16/03/2008
Código do texto: T218227
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Landell
São Paulo - São Paulo - Brasil, 58 anos
88 textos (7936 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 01:58)
Landell