Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta de Amor

Estou só no quarto...
É tarde da noite...
Fico lembrando da primeira vez
Em que meus olhos te encontraram...
Eles ficaram loucos por você,
Obsecados... Querendo ser seus...
Eu quis estar perdido em seus braços...
Eu quis ser seu naquele instante,
Submisso... Não importa...
Queria tocar em você...
Te fazer sorrir... Porque ficaria feliz
Em viver os sonhos
Como se prova do amor...
Queria que estivese aqui nesta noite fria...
Sim! Queria seu calor salvador...
Queria que me olhasse só mais uma vez...
Queria conter minhas lágrimas agora
Com suas mãos delicadas
E seus olhos misteriosos...
Queria te dar meu coração agora...
Passear sobre sua pele cheirosa...
Tocá-la de um jeito jamais feito...
Com verdade!...
Com um desejo que só os deuses podem!...
Queria que enxugasse minhas lágrimas agora
com seu beijo...
O beijo que nunca provei...
O beijo que sonho todas as noites como esta...
Tão fria que não me deixa dormir...
Não penso em outra coisa
Se não como me sentirei
Tocando meus lábios nos seus...
Minhas mãos em seu rosto perfeito...
Olhar bem dentro de você
E simplesmente não dizer nada...
Só fechar os olhos e te beijar...
Um beijo com amor,
Com esse amor que não cabe em mim
De tão grande que ele é...
O amor que arranca sempre
Minhas verdadeiras lágrimas...
As quais não me deixam dormir...
Eu quero dormir...
Eu quero sonhar...
Me deixe sonhar...
Enxugar minhas lágrimas...
Roberto Poeta
Enviado por Roberto Poeta em 20/08/2006
Reeditado em 09/01/2007
Código do texto: T220606
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Poeta
Tucano - Bahia - Brasil, 33 anos
1 textos (189 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:36)
Roberto Poeta