Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oriental Tranquilidade

A oriental tranquilidade é verdadeira!
Desperto para o sonho e colho-te uma flor
Que o zéfiro roubou à amendoeira
Onde o rouxinol tece cantigas de amor

Sob a Lua d’Inverno beijo
Teus lábios doces e carnudos.
Embalado fecho os olhos e vejo
A transparência de sentimentos desnudos

Mas...
Que seria a amendoeira em flor
Sem a tua imaculada presença
Mais do que uma árvore sem amor
Que o Inverno esconde a doença?

E que seria o suave zéfiro que passa
E anuncia o feliz que agora estou
Mais do que uma gélida carcaça
Da tempestade que o originou?

Que seria da melodia do rouxinol
Sem que a estivesses a ouvir
Mais do que uma nota bemol
À realidade do triste existir?

E que seria de mim, pequeno mortal,
Não diferente de qualquer outro como eu,
Sem o teu puro toque ancestral
Ou a Lua para me levar ao apogeu?

Afinal...
Que seria do meu Mundo?
Que seria da minha Realidade?
Que seria de mim, se no fundo,
Não fosses a minha serenidade?
Auron Wintermoon
Enviado por Auron Wintermoon em 25/08/2006
Código do texto: T224760
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Auron Wintermoon
Portugal
11 textos (475 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:09)
Auron Wintermoon