Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO...

É noite e eu estou só....Mais uma vez só.
É uma solidão diferente. Solidão na alma...
Mas olho ao meu redor, tudo continua igual.No o céu, as estrelas continuam a brilhar.Na rua, as pessoas conversam,sorriem, estão vivas, correndo atrás de seus sonhos.

Há horas, momentos em nossas vidas, que somos tomados por uma sensação de vazio, uma tristeza, nada parece fazer sentido. Questionamos o porquê da separação, dor, saudade, o porquê da nossa existência.

A sensação de perda nos deixa vazios....
Choro, mas queria gritar, arrancar de dentro de mim a saudade de você, seu sorriso, sua voz, nossos planos e sonhos.Choro sim, mas queria gritar por algo que perdi, e por tudo que não aconteceu entre nós.

Mas  o sol vai continuar brilhando, e também teremos chuva de vez em quando...As estrelas vão continuar no céu. A primavera chegará florida, após o triste inverno.....E a solidão será apenas dentro de mim....

Hoje eu disse adeus aos meus sonhos...Adeus a você, que se foi para sempre...E ao meu redor tudo continuará igual......

Nilda Severin..25/08/2006
Nilda Severin
Enviado por Nilda Severin em 27/08/2006
Reeditado em 27/08/2006
Código do texto: T226439
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nilda Severin
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
26 textos (3816 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:37)
Nilda Severin