Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canção para meu santo amor

Por doce anjo, tão doce anjo me encanto
E apenas por ele me sinto suspirar
E da beleza tão bela que nasces divina
Qual Vênus das espumas do mais santo mar!

Mais graciosa que Afrodite é meu amor... é ela
A santa causa do meu mais santo amor
E tanto que a estrela ao seu sublime encanto
Se curva... e é pequena, feia e sem valor!

E por Mercúrio das mensagens por quem rogo
De segredar este meu segredo à minha bela
E de tão especial se faz o canto
E de toda a divindade do divino jardim de Hera!

Ao monstro cego eu clamo sob o sol
Que me assola na noite colossal pavor
De tuas flechas que me matam o coração
De mirar-me um mal errado outro amor!

O meu bem é tão divino e celeste
O cupido me fez amante de amá-la
E se ao dormir eu sonho o sonho
De viver para sempre... para apenas sempre beija-la

O amor é arte... e me encanta essa arte
Se ao amor perder for condenado
Que me cantem deuses que a vida não quero
E toda sem graça se faz... tristeza e fardo!

E se a desventura me encontrar na estrada
Que me caça o mal de sofrer de amor
Qual Diana que a vida sem graça
Que viva a morte de morrer na dor!

Para apenas por ela poder chorar meus versos
Pra suspirar por ela, apenas por teus laços
Da força do punhal cravado em meu peito
E pra sempre sofrer ao alucinar seus passos!

Pra desejar todos os dias a morte
E saber que apenas assim a poderei encontrar
Para que me morra a vida que me vive
E apenas em outra vida poder também a amar!
dhália
Enviado por dhália em 27/08/2006
Código do texto: T226626
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:53)
dhália